Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Voltar

É possível ter uma alimentação vegetariana durante o tratamento do câncer?

É recomendável que a pessoa com câncer não tome decisões sobre sua dieta sem acompanhamento do médico ou nutricionista

É possível ter uma alimentação vegetariana durante o tratamento do câncer?

Não há provas em estudos de que a alimentação vegetariana é melhor ou pior que outras dietas para pessoas que estão enfrentando o tratamento do câncer. Vegetarianos e veganos devem ter atenção especial para suprir a quantidade de calorias e proteínas necessárias no dia-a-dia.1

Alimentação vegetariana oferece risco de desnutrição?

A alimentação vegetariana pode ser saudável e segura para pessoas com câncer, desde que sigam cuidados essenciais:1,2

Fazer substituições – trocar carnes, aves e peixes por outras fontes de proteína. Não basta apenas retirar determinados alimentos do cardápio.2 É possível também comer mais porções de um mesmo alimento ou enriquecê-lo com cereais, grãos, óleos de sementes.3

Contar com orientação profissional - é recomendado consultar um nutricionista para que ele possa acompanhar a rotina alimentar e indicar as receitas mais práticas e saudáveis de acordo com o paladar da pessoa e momento do tratamento.1

Não mudar bruscamente de hábitos – médicos e nutricionistas orientam que a pessoa não escolha a época de tratamento do câncer para se tornar vegetariana, caso tenha o hábito de comer carnes e vegetais normalmente. O mesmo vale para a situação inversa. Isso porque tratamentos como a quimioterapia e radioterapia podem causar alterações no paladar e na deglutição, tornando o processo de adaptação alimentar ainda mais difícil.1

Necessidades nutricionais especiais para pessoas vegetarianas

Alguns nutrientes devem ser monitorados frequentemente em dietas vegetarianas e veganas, pois podem se tornar deficientes. São eles:1

Cálcio – a necessidade diária ideal para uma pessoa adulta é de 1000mg. Os alimentos com maior concentração de cálcio são:4

  • Feijão branco (240mg a cada 100g);
  • Tofu com sulfato de cálcio (350mg a cada 100g);
  • Amêndoa (248mg a cada 100g);
  • Queijo prato (650mg a cada 100g);
  • Queijo muçarela (505mg a cada 100g);
  • Ricota (207mg a cada 100g);
  • Rúcula (160mg a cada 100g).

Ferro – a necessidade diária ideal para uma pessoa adulta é de 8 a 32mg, dependendo das condições de saúde, sexo e idade. Os alimentos com maior concentração de ferro são:4

  • Feijão branco (10,44mg a cada 100g);
  • Quinua em grãos (9,25mg a cada 100g);
  • Feijão carioca (8,00mg a cada 100g);
  • Gergelim (7,78mg a cada 100g);
  • Lentilha (7mg a cada 100g);
  • Grão de bico (6,86mg a cada 100g).4

Vitamina B12 – a necessidade diária ideal para uma pessoa adulta é de 2,4mcg. A vitamina B12 é o único nutriente que talvez o vegetariano precise suplementar, ao menos que coma ovos, leite e derivados com frequência, pois ela só está presente em quantidades significativas nos alimentos de origem animal. Consulte seu médico ou nutricionista para que eles avaliem a necessidade de suplementação.4

Alimentos nutritivos para pessoas vegetarianas em tratamento do câncer

Durante o tratamento do câncer, pode ser necessário aumentar a ingestão calórica e de proteína para prevenir ou recuperar a perda de massa muscular, que pode acontecer como resultado dos tratamentos e da atividade metabólica do tumor. Por outro lado, é comum sentir efeitos colaterais da quimioterapia e radioterapia, como boca seca, aftas, dificuldade de engolir, perda de apetite e náusea. Dessa forma, alimentos com alto teor calórico, texturas agradáveis e fáceis de comer são bem-vindos.4

  • Descubra quais as texturas preferidas dos alimentos. Para isso, prepare-os separadamente. Por exemplo, cenoura cortada em tiras, abóbora em forma de purê, tofu em cubos, assim por diante;
  • Adicione purê de legumes e feijão a caldos, sopas e saladas para enriquecê-las. O mesmo pode ser feito com frutas ao iogurte ou torrada;
  • Há misturas para pudim vegano que são feitas somente com água. Em vez de prepará-lo assim, use leite de soja ou de amêndoas;
  • Crie o hábito de incrementar sucos e vitaminas. Combine sucos concentrados com leite de soja, amêndoas ou tofu e adicione cereais;
  • O homus, um prato feito com pasta de grão de bico, é nutritivo e rico em proteínas e ferro. Ele pode servir como patê ou acompanhamento de tofu assado ou tempeh, um alimento fermentado de soja comum na culinária vegetariana;
  • Iogurtes de soja podem ser servidos com frutas, castanhas, cereais, leite de coco e/ou pasta de amendoim;4

Não deixe de conversar com seu médico e/ou nutricionista antes de fazer qualquer mudança em sua dieta.

 

Referências:

1 – The vegetarian resource group. “Vegetarian Diets During Cancer Treatment”. Disponível em: https://www.vrg.org/journal/vj96jul/vj967canc.htm Acesso em dezembro/2019.
2 – American Institute for Cancer Research. Vegetarian and Vegan diets. Disponível em: https://www.aicr.org/patients-survivors/healthy-or-harmful/vegetarian-and-vegan.html. Acesso em dezembro/2019.
3 – The vegetarian resource group. Selecting Menus for Vegan Cancer Patients. Disponível em: https://www.vrg.org/journal/vj2009issue3/2009_issue3_vegan_cancer_patients.php. Acesso em dezembro/2019.
4- Sociedade Vegetariana Brasileira. Tudo o que você precisa saber sobre alimentação vegetariana. Disponível em: https://www.svb.org.br/livros/alimentacao-vegetariana.pdf. Acesso em dezembro/2019

Voltar

Veja mais desse tema

Posso fazer exercícios físicos quando estiver em tratamento?

Posso fazer exercícios físicos quando estiver em tratamento?

Saiba mais
Sintomas e sinais de emergência: quando correr para o hospital?

Sintomas e sinais de emergência: quando correr para o hospital?

Você sabe o que é uma emergência oncológica?

Emergências oncológicas são situações incomuns na pessoa com câncer, que podem ser causadas pela própria doença ou pelo tratamento e, que necessitam de um atendimento médico imediato para evitar maiores problemas. 1

Saiba mais
Imunoterapia

Imunoterapia

O tratamento do câncer vem evoluindo com o surgimento de novos tipos de medicações e estratégias de tratamento ao longo das últimas décadas. Neste contexto, a imunoterapia tem emergido como uma importante ferramenta no tratamento de vários tipos de câncer, ao lado de outras modalidades como quimioterapia, terapia-alvo, hormonioterapia, além de a cirurgia e radioterapia.

Saiba mais
Tratamentos oncológicos orais

Tratamentos oncológicos orais

Apesar de genericamente englobadas sob o termo quimioterapia oral, as terapias oncológicas administradas por via oral, através de cápsulas ou comprimidos, representam uma gama de diferentes classes de medicamentos, incluindo não apenas os quimioterápicos propriamente ditos, mas também os agentes hormonais, as drogas-alvo e os agente imunomoduladores. Devido aos diferentes mecanismos de ação, efeitos colaterais e particularidades na administração de cada uma dessas medicações, é importante que haja uma clara troca de informações entre a equipe de cuidados médicos e os pacientes antes do início do tratamento, para assegurar não apenas maior segurança, como também maior aderência, e consequentemente eficácia, do plano terapêutico proposto.

Saiba mais
Conheça Mais sobre os Tipos de Nutrição

Conheça Mais sobre os Tipos de Nutrição

Os alimentos que consumimos, são divididos em dois grandes grupos: macronutrientes e micronutrientes. Os macronutrientes são basicamente proteínas, gorduras e carboidratos. Já os micronutrientes, são as vitaminas e minerais. E quando ocorre uma falta desses nutrientes, ocorre o que chamamos de desnutrição.

Saiba mais
Importância da Nutrição no Resultado das Cirurgias

Importância da Nutrição no Resultado das Cirurgias

Todo procedimento cirúrgico, por menor que seja, envolve muitas variáveis que interfere no seu sucesso E, por isso, todo cuidado e o máximo de preparação devem ser tomados para inimizar os riscos e maximizar a segurança dos pacientes.

Saiba mais
Subir