Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Voltar

Câncer avançado: quais os cuidados paliativos?

O que são cuidados paliativos?  

Os cuidados paliativos são os cuidados dedicados aos pacientes que apresentam uma doença crônica e de progressão que ameaça a vida e, que vão desde o controle dos sintomas físicos causados por aquela doença, até o alívio da dor nas suas diversas dimensões.1,2

Câncer avançado: quais os cuidados paliativos?

O que são cuidados paliativos?  

Os cuidados paliativos são os cuidados dedicados aos pacientes que apresentam uma doença crônica e de progressão que ameaça a vida e, que vão desde o controle dos sintomas físicos causados por aquela doença, até o alívio da dor nas suas diversas dimensões.1,2

A Organização Mundial da Saúde (OMS), define como:3

“Cuidado Paliativo é uma abordagem que melhora a qualidade de vida dos pacientes e seus familiares, que enfrentam doenças que ameacem a vida. Previne e alivia o sofrimento através da identificação precoce, avaliação correta e tratamento da dor e outros problemas físicos, psíquicos, sociofamiliares e espirituais”.

Ou seja, os cuidados paliativos envolvem um cuidado com empatia, considerando os vários aspectos do ser humano, o físico, o social, o financeiro, o espiritual e o emocional, desconstruindo a ideia de que os cuidados paliativos são voltados para pessoas com doenças onde não há mais o que ser feito. Trata o fim da vida como algo natural, afirmando seu valor e englobando um cuidado que envolve toda a família e rede de apoio do paciente.1,2

Saiba quais são os impactos de ser um cuidador do paciente com câncer

Alimentação e cuidados paliativos no paciente com câncer

Os cuidados paliativos devem ser iniciados já no momento do diagnóstico do câncer em estágio avançado, o mais breve possível, assim como o tratamento.1-4

O foco central dos cuidados paliativos é o paciente, ou seja, os cuidados são orientados de acordo com a necessidade do paciente como um todo e, por isso, a importância de uma equipe multiprofissional.5

Nesse sentido, um dos principais problemas do câncer é a desnutrição, de forma que 40% dos pacientes já se encontram desnutridos no momento do diagnóstico e, no caso de câncer avançado, o percentual de pacientes desnutridos chega a 80%6.

Por isso, os cuidados nutricionais devem integrar os cuidados paliativos, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida do paciente. Isto é, no momento do diagnóstico do câncer avançado já deve ser iniciada a terapia nutricional, assim como as mudanças de acordo com a necessidade do paciente:7,8

  • No momento do diagnóstico:

    avaliação nutricional e indicação de suplementos nutricionais para garantir a ingestão de nutrientes e uma hidratação adequada para os pacientes com desnutrição ou risco nutricional7,8.
    O fornecimento de suplementos nutricionais já no momento do diagnóstico pode ajudar o paciente a lidar com as questões como a perda de peso aparente, que tem um grande impacto no psicológico do paciente, bem como a lidar com as questões de dificuldades com a alimentação decorrentes dos sintomas do tratamento, como: falta de apetite, enjoos, entre outros8 .

  • Conforme evolução da doença:

    a alimentação via oral sempre deve ser a primeira escolha, porém, quando a expectativa de vida do paciente for maior do que 6 meses e a ingestão de alimentos e suplementos por boca se torna insuficiente, ou seja, quando o paciente não consegue comer nenhum alimento por mais de uma semana ou ainda não consegue atingir as necessidades nutricionais comendo por boca por mais de duas semanas, a terapia nutricional enteral (por sonda posicionada no trato gastrointestinal), deve ser iniciada.
    Essa decisão deve ser tomada em conjunto com o paciente, familiares, cuidadores e profissionais de saúde envolvidos7,8.

  • Terapia nutricional no fim da vida:

    nos últimos dias ou nas últimas semanas de vida, visando o conforto do paciente, é proposto que lhe seja oferecido alimentos e bebidas de acordo com suas preferências alimentares por via oral, podendo ainda oferecer suplementos nutricionais conforme sua tolerância9.

Assim, podemos concluir que a nutrição no contexto dos cuidados paliativos se insere como um cuidado de apoio, desde o diagnóstico até o fim da vida, possibilitando uma melhor qualidade de vida ao paciente por prevenir a evolução de uma desnutrição, por amenizar os efeitos colaterais adversos do tratamento e por ressignificar a relação com a comida para o paciente e sua família.

1 - Mendes, Ernani Costa e Vasconcellos, Luiz Carlos Fadel de. Cuidados paliativos no câncer e os princípios doutrinários do SUS. Saúde em Debate [on-line]. 2015, v. 39, n. 106, pp. 881-892. Epub Jul-Sep 2015. (link)
2 - Vendrusculo-Fangel, Leticia Meda. Cuidados Paliativos: Conceitos, Fundamentos e Princípios. In: Diretrizes Oncológicas. 2ª edição, 2018. (link)
3 - Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica. Posicionamento da SBOC sobre Cuidados Paliativos e tratamento oncológico no paciente com Câncer Avançado [Internet]. SBOC. 15 de agosto de 2019. (link). Acesso em: 27 de agosto de 2021.
4 - World Health Organization. Why palliative care is an essential function of primary health care [Internet]. OMS. 19 de agosto de 2018. (link). Acesso em: 27 de agosto de 2021.
5 - Kaasa S, et al. Integration of oncology and palliative care: a Lancet Oncology Commission. The Lancet Oncology. 2018;19(11):e588-e653. (link)
6 - Yalcin S, et al. Nutritional Aspect of Cancer Care in Medical Oncology Patients. Clin Ther. 2019;41(11):2382-2396. (link)
7 - Amano K, et al. Integration of palliative, supportive, and nutritional care to alleviate eating-related distress among advanced cancer patients with cachexia and their family members. Crit Rev Oncol Hematol. 2019;143:117-23. (link)
8 - Benarroz MO, Faillace GB, Barbosa LA. Bioética e nutrição em cuidados paliativos oncológicos em adultos. Cad. Saúde Pública. 2009;25(9):1875-82. (link)
9 - Hui D, Dev R, Bruera E. The last days of life: symptom burden and impact on nutrition and hydration in cancer patients. Curr Opin Support Palliat Care. 2015;9(4):346-54. (link)

NHS22.0026

Voltar
Subir