Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Voltar

Hidratação para o paciente oncológico

Tratamento oncológico vai muito além das terapias convencionais, como quimioterapia, radioterapia, imunoterapia ou cirurgia. O bem-estar geral do paciente, junto à sua qualidade de vida, também faz parte do tratamento. Isto inclui alimentação, exercício físico, saúde mental e hidratação. Esses são os 5 pilares para uma vida saudável.

Hidratação para o paciente oncológico

A hidratação já é, em si, importante para todos nós. Na oncologia, ela é ainda mais relevante, pois tem um papel importantíssimo, tanto no tratamento quanto no manejo de sintomas, principalmente aqueles que a quimioterapia pode causar.

De acordo com o Consenso Brasileiro de Nutrição Oncológica, organizado pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), “a necessidade de 30 a 40 ml/kg de peso atual/dia é adequada para paciente com estado de hidratação normal, assumindo-se função renal e cardíaca normais. Fatores como diarreia, vômitos e febre podem afetar as necessidades hídricas.”

Os efeitos colaterais das quimioterapias dependem do tipo de tratamento e do medicamento que está sendo ministrado, mas, em geral, os mais conhecidos e frequentes são náuseas, diarreias, fadiga e mucosite. Paciente que tem diarreia ou vômitos tende a perder líquidos e sais minerais; logo, deve-se repor líquido e sais minerais para evitar desidratação e diminuir sensação de fraqueza.

Caso o paciente sinta muita náusea, é indicado que tome água devagar e em goles curtos. A hidratação pode ser feita com gelos, a ser consumidos ao longo do dia. Outro sintoma muito comum na quimioterapia é a mucosite, que é a inflamação da mucosa do trato gastrointestinal. Neste caso, sopas e cremes são ótimas opções, pois, além de hidratar são de fácil digestão.

Outro dado importante sobre a hidratação é que o resíduo da quimioterapia é excretado principalmente pela urina. Logo, tomar água ajuda a desintoxicar o organismo dos resíduos que as drogas quimioterápicas produzem.

Dicas para manter hidratação:

  • Faça água saborizada com limão, gengibre, canela, hortelã e pepino. Além de darem sabor, estes alimentos são ricos em vitaminas, minerais e têm ação anti-inflamatória e antioxidante.

    Formas de preparo: misture os ingredientes (limão, gengibre, canela, hortelã etc) na água filtrada e deixe descansar por 4 horas antes de beber. Posteriormente, congele metade em formas de gelo (que podem ser chupados como picolés) e beba a outra metade.

  • Ingerir frutas que contenham água, como melancia, laranja, uva, melão, pera e abacaxi. Ajudam a hidratar.
  • Água de coco é indicado para hidratação e reposição dos eletrólitos e tem boas fontes de vitamina A, C e complexo B. A água de coco é considerada uma bebida isotônica natural
  • Não espere sentir sede. Quando esse mecanismo acontece, significa que nosso corpo já está desidratado.
  • Não ingerir bebidas alcoólicas e sucos artificiais, pois eles contêm uma combinação de corante químicos.

Referências bibliográficas:

1 - ANDRADE. P.V.B. Manual de Cuidado Nutricional em Quimioterapia Dicas de Nutrição para o paciente oncológico. Disponível em: Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia. Está na hora de tomar água, 2019..
2 - ANDREGHETO. P. Paciente oncológico: Tome muito líquido. VENCER O CÂNCER. 2017. Disponível em: https://vencerocancer.org.br/dia-a-dia-do-paciente/efeitos-colaterais/paciente-oncologico-tome-muito-liquido/?catsel=dia-a-dia-do-paciente..
3 - INSTITUTO VENCER O CÂNCER. Boa hidratação ajuda a combater enjoo. VENCER O CÂNCER. 2017. Disponível em: https://vencerocancer.org.br/dia-a-dia-do-paciente/efeitos-colaterais/boa-hidratacao-ajuda-a-combater-enjoo/?catsel=pacientes..
4 - BENARROZ. M. Orientação para prevenir a desidratação durante os tratamentos de quimioterapia e radioterapia. INSTITUTO COI. Disponível em: http://institutocoi.org/sobre-o-cancer/nutricao-oncologica/orientacoes-para-prevenir-a-desidratacao-durante-os-tratamentos-de-quimioterapia-e-radioterapia/..
5 - CONSENSO NACIONAL DE NUTRIÇÃO ONCOLÓGICA. Disponível em: https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files/media/document/consenso-nutricao-oncologica-vol-ii-2-ed-2016.pdf..
6 - Equipe da Unidade de Serviços Ambulatoriais Oncológicos da Santa Casa. CARTILHA DE ORIENTAÇÃO DO PACIENTE EM QUIMIOTERAPIA. BELO HORIZONTE. Disponível em: http://www.santacasabh.org.br/app/webroot/files/uploads/CARTILHA%20ORIENTACAO%20PACIENTE%20QUIMIOTERAPIA_REVISAO%20CLIENTE_RETIFICADA%20_DIGITAL%209.pdf..
7 - GAROFOLO. A. Nutrição Clínica, Funcional e Preventiva aplicada à Oncologia: Teoria e Prática profissional. 1ª edição. Rio de Janeiro: Rubio, 2012.
8 - ARENDS J, BACHMANN P, BARACOS V. ESPEN guidelines on nutrition in cancer patients. Clin Nutr. 2017;36(1):11-48.

Voltar

Veja mais desse tema

Como estipular uma rotina saudável durante o tratamento do Câncer?

Como estipular uma rotina saudável durante o tratamento do Câncer?

Você sabe como criar uma rotina saudável?
O tratamento do câncer implica em mudanças no âmbito profissional e pessoal, de forma que é preciso aprender a lidar não somente com os efeitos colaterais decorrentes do tratamento, mas também com os aspectos sociais e psicológicos. 1

Saiba mais
Como suplementar o paciente oncológico

Como suplementar o paciente oncológico

Desnutrição em indivíduos com câncer é muito frequente por diversos fatores: localização do tumor (pacientes com câncer de cabeça e pescoço ou trato gastrointestinal começam a ter dificuldade de se alimentar, e consequentemente, perdem peso); efeitos da quimioterapia, como diminuição de apetite, alteração do olfato e paladar, inflamação na mucosa, dificuldade de deglutir, náuseas, vômitos, diarreia ou constipação; jejuns prolongados em exames ou cirurgias, no pré e pós operatórios; e pelos efeitos que também afetam o metabolismo, comuns a outras modalidades de tratamento como radioterapia, imunoterapia e hormonioterapia.

Saiba mais
sad

WebSérie GOSTO - Mucosite

O Projeto Gosto é uma parceria do Instituto Vencer o Câncer (IVOC) com a Nestlé. No decorrer de 4 episódios, o oncologista Thiago Jorge e a nutricionista Luísa Nunes conversam com pacientes oncológicos sobre o tratamento da doença e alimentação.

No episódio 3, o tema é "Mucosite", teve a presença do Sr. Osmar Vilela e a receita escolhida pelo chef Gentil Mendonça, mousse de chocolate.

Saiba mais
scsa

WebSérie GOSTO - Disgeusia

O Projeto Gosto é uma parceria do Instituto Vencer o Câncer (IVOC) com a Nestlé. No decorrer de 4 episódios, o oncologista Thiago Jorge e a nutricionista Luísa Nunes conversam com paciente oncológicos sobre o tratamento da doença e alimentação.

No episódio 2, o tema é "DISGEUSIA", que é a distorção ou diminuição do senso do paladar, e contou com a presença da paciente oncológica Nair Andrade e seu esposo Josué Lima. A receita escolhida pelo chef Gentil Mendonça, estrogonofe.

Saiba mais
sad

WebSérie GOSTO - Constipação e Diarreia

O Projeto Gosto é uma parceria do Instituto Vencer o Câncer (IVOC) com a Nestlé. No decorrer de 4 episódios, o oncologista Thiago Jorge e a nutricionista Luísa Nunes conversam com pacientes oncológicos sobre o tratamento da doença e alimentação.

No episódio 3, o tema é "Diarreia e Constipação", contou com a presença das pacientes Juliana Carelli e Sabrina Neves, a receita escolhida pelo chef Gentil Mendonça foi crepioca de legumes.

Saiba mais
sa

WebSérie GOSTO - Náusea

O Projeto Gosto é uma parceria do Instituto Vencer o Câncer (IVOC) com a Nestlé. No decorrer de 4 episódios,  o oncologista Thiago Jorge e a nutricionista Luísa Nunes conversam com pacientes oncológicos sobre o tratamento da doença e alimentação. No episódio 4, o tema é "Náusea"e as pacientes que participaram desse capítulo foram a Lara Savaro e Sandra Gonçalves e a receita escolhida pelo chef Gentil Mendonça, vichissoisse.

Saiba mais
Subir