Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Como evitar a perda
de peso durante os efeitos colaterais do tratamento oncológico?

Por que em alguns casos o tratamento do câncer emagrece? 1-3

 
  • Maior gasto de energia

    Para que as células cancerígenas se multipliquem de forma rápida, elas precisam de muita energia, dessa forma, o câncer usa as reservas do corpo, por exemplo, depletando os músculos para conseguir energia.

  • Baixa ingestão de alimentos

    A própria doença, assim como os efeitos colaterais do tratamento, diminuem a fome e a vontade de comer do paciente.

  • Efeitos colaterais do tratamento

    Efeitos colaterais decorrentes do tratamento como: enjoo, vômito, diarreia, ou ainda dificuldade na ingestão de alimentos por inflamação na boca ou garganta também resultam na perda de peso.

O excesso da perda de peso pode trazer consequências como: 3-5

  • Maior risco de complicações pós-cirurgia

  • Menor resposta ao tratamento

  • Maior gravidade dos efeitos colaterais

  • Menor capacidade funcional para a realização de atividades diárias

Como evitar a perda de peso repentina no câncer?

Ter um acompanhamento com um profissional nutricionista desde o inicio do tratamento pode evitar a desnutrição e diminuir os efeitos colaterais decorrentes do tratamento é essencial. 2

Confira 5 dicas que podem ajudar a diminuir a perda de peso:

  • 1º Alimentação rica em proteínas

    Para o paciente com câncer, a dieta mais recomendada é a rica em calorias e proteínas, a fim de garantir a demanda de energia e manter a massa muscular. 6

  • 2º Inclusão de alimentos ricos em vitaminas e minerais

    A inclusão de uma grande variedade de frutas e vegetais também é indicada para garantir a oferta das diversas vitaminas e minerais necessários. 6

  • 3º Complementação da dieta com produtos nutricionais

    Os complementos alimentares ajudam a suprir as quantidades de proteínas, vitaminas e minerais quando o paciente não consegue alimentar-se de forma adequada. 7

  • 4º Inclusão de imunonutrientes para o fortalecimento do sistema imune

    Estudos mostram que a ingestão de imunonutrientes, na forma de suplementação, diminui a gravidade dos efeitos colaterais. 3,4

  • 5º Estratégias nutricionais de acordo com os efeitos colaterais

    Adaptar receitas e a consistência dos alimentos. Uma boa alternativa, é incluir suplementos sem sabor ou produtos de composição nutricional mais palatáveis como, por exemplo, suplementos sem gordura e com sabor cítrico para pacientes com baixa aceitação alimentar devido ao enjoo. 1,6

Referências bibliográficas

  • 1.Avante Nestlé. Efeitos colaterais na quimioterapia. Nestlé Health Science, 20 de outubro de 2020.

  • 2.Avante Nestlé. Como relacionar a tríade: metabolismo do câncer, nutrição e intervenção precoce? Nestlé Health Science, 23 de junho de 2021.

  • 3.Avante Nestlé. Importância da imunonutrição durante a quimioterapia e/ou radioterapia Nestlé Health Science, 11 de setembro de 2020.

  • 4.Zheng X, et al. Effects of Immunonutrition on Chemoradiotherapy Patients: A Systematic Review and Meta-Analysis. JPEN J Parenter Enteral Nutr. 2020;44(5):768-778.

  • 5.Vasson MP, et al. Immunonutrition improves functional capacities in head and neck and esophageal cancer patients undergoing radiochemotherapy: a randomized clinical trial. Clin Nutr. 2014;33(2):204-10.

  • 6.Gangadharan A, et al. Protein calorie malnutrition, nutritional intervention and personalized cancer care. Oncotarget. 2017;8(14):24009-24030.

  • 7.Irala, Clarissa Hoffman. Nutrição em Oncologia. In: Diretrizes Oncológicas. 2ª edição, 2018.

NHS000800

Subir