Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Voltar

Como estipular uma rotina saudável durante o tratamento do Câncer?

Você sabe como criar uma rotina saudável?
O tratamento do câncer implica em mudanças no âmbito profissional e pessoal, de forma que é preciso aprender a lidar não somente com os efeitos colaterais decorrentes do tratamento, mas também com os aspectos sociais e psicológicos. 1

Como estipular uma rotina saudável durante o tratamento do Câncer?

Você sabe como criar uma rotina saudável?


O tratamento do câncer implica em mudanças no âmbito profissional e pessoal, de forma que é preciso aprender a lidar não somente com os efeitos colaterais decorrentes do tratamento, mas também com os aspectos sociais e psicológicos. 1

Os sintomas decorrentes dos tratamentos podem interferir na qualidade do sono, no humor, na disposição para realizar as atividades do dia a dia e ainda nos hábitos alimentares, por exemplo. 1

A criação e manutenção de uma rotina mais saudável se torna fundamental para melhorar a qualidade de vida do paciente e para conseguir colocar os novos hábitos em prática. Portanto, o primeiro passo é estabelecer um horário para cada etapa do dia e repetir todos os dias, considerando: 1,2

  • Fazer refeições com tranquilidade;
  • Dormir bem;
  • Tomar banho;
  • Passar um tempo com a família e amigos;
  • Praticar atividade física, quando possível;
  • Às consultas médicas e sessões de tratamento.

Saiba como se preparar para as sessões de tratamento do câncer.

Como lidar com os efeitos colaterais da quimioterapia e da radioterapia?

Dentre os efeitos colaterais mais comuns da quimioterapia, podemos citar: dor, enjoo, vômito, cansaço, fraqueza, queda de cabelo, alterações de peso (ganho ou perda de peso), alterações no funcionamento intestinal, falta de apetite, entre outros. 3

Já para a radioterapia, é comum sintomas como: alterações no paladar, boca seca, redução da saliva, feridas na boca, dificuldade de engolir, dor, entre outras, ou seja, todas as alterações que podem afetar diretamente o estado nutricional por impactarem a alimentação. 4

Para lidar com esses incômodos físicos e funcionais, conversar com os familiares e amigos sobre as necessidades especiais durante o tratamento e contar com o apoio de profissionais da saúde de diferentes áreas para tirar todas as dúvidas sobre os vários aspectos que envolvem a manutenção da rotina saudável, faz toda a diferença.

Nesse aspecto, um nutricionista irá orientar sobre a rotina com a alimentação, sobre como organizar o cardápio a cada semana e fazer as compras, além de ensinar sobre quais alimentos comer ou quais evitar diante de cada um dos efeitos colaterais. 2

Como lidar com os aspectos sociais e emocionais?

É fato que a convivência com o câncer, do diagnóstico ao tratamento, trará mudanças no aspecto físico, emocional, social e funcional para a pessoa. Cada pessoa experimentará a doença de uma forma diferente, pois, a experiência individual depende da história de vida e do momento atual de cada um. 5

Nesse sentido, o acompanhamento com um psicólogo, da descoberta da doença e durante o tratamento, ajudará muito na criação e manutenção da nova rotina, pois esse profissional saberá orientar questões relacionadas à ansiedade ou inquietações no âmbito profissional e pessoal. 2

Além disso, esse profissional também será um apoio quanto aos sentimentos de ansiedade e angústia em relação ao tratamento proposto, que muitas vezes poderá causar desânimo e a vontade de desistir da rotina e do tratamento. 2

Lembre-se sempre, que apesar de ser difícil passar por todos esses efeitos colaterais e emocionais desconfortáveis, o objetivo do tratamento é trazer mais qualidade de vida e uma cura da doença. 3

Bibliografia:

1 - Batista DRR, et al. Convivendo com o câncer: do diagnóstico ao tratamento. Rev Enferm UFSM. 2015;5(3):499-510.
2 - França CL, et al. Contribuições da psicologia e da nutrição para a mudança do comportamento alimentar. Estud. psicol. 2012:17(2):337-345.
3 - Nicolussi AC, et al. Qualidade de vida relacionada à saúde de pacientes com câncer em quimioterapia. Rev Rene. 2014;15(1):132-40.
4 - de Paula JM, Sawada NO. Qualidade de vida relacionada à saúde de pacientes com câncer em tratamento radioterápico. Rev Rene. 2015;16(1):106-13.
5 - Dóro MP, et al. O câncer e sua representação simbólica. Psicol. cienc. prof. 2004:24(2):120-134.

Voltar

Veja mais desse tema

Como suplementar o paciente oncológico

Como suplementar o paciente oncológico

Desnutrição em indivíduos com câncer é muito frequente por diversos fatores: localização do tumor (pacientes com câncer de cabeça e pescoço ou trato gastrointestinal começam a ter dificuldade de se alimentar, e consequentemente, perdem peso); efeitos da quimioterapia, como diminuição de apetite, alteração do olfato e paladar, inflamação na mucosa, dificuldade de deglutir, náuseas, vômitos, diarreia ou constipação; jejuns prolongados em exames ou cirurgias, no pré e pós operatórios; e pelos efeitos que também afetam o metabolismo, comuns a outras modalidades de tratamento como radioterapia, imunoterapia e hormonioterapia.

Saiba mais
Hidratação para o paciente oncológico

Hidratação para o paciente oncológico

Tratamento oncológico vai muito além das terapias convencionais, como quimioterapia, radioterapia, imunoterapia ou cirurgia. O bem-estar geral do paciente, junto à sua qualidade de vida, também faz parte do tratamento. Isto inclui alimentação, exercício físico, saúde mental e hidratação. Esses são os 5 pilares para uma vida saudável.

Saiba mais
sad

WebSérie GOSTO - Mucosite

O Projeto Gosto é uma parceria do Instituto Vencer o Câncer (IVOC) com a Nestlé. No decorrer de 4 episódios, o oncologista Thiago Jorge e a nutricionista Luísa Nunes conversam com pacientes oncológicos sobre o tratamento da doença e alimentação.

No episódio 3, o tema é "Mucosite", teve a presença do Sr. Osmar Vilela e a receita escolhida pelo chef Gentil Mendonça, mousse de chocolate.

Saiba mais
scsa

WebSérie GOSTO - Disgeusia

O Projeto Gosto é uma parceria do Instituto Vencer o Câncer (IVOC) com a Nestlé. No decorrer de 4 episódios, o oncologista Thiago Jorge e a nutricionista Luísa Nunes conversam com paciente oncológicos sobre o tratamento da doença e alimentação.

No episódio 2, o tema é "DISGEUSIA", que é a distorção ou diminuição do senso do paladar, e contou com a presença da paciente oncológica Nair Andrade e seu esposo Josué Lima. A receita escolhida pelo chef Gentil Mendonça, estrogonofe.

Saiba mais
sad

WebSérie GOSTO - Constipação e Diarreia

O Projeto Gosto é uma parceria do Instituto Vencer o Câncer (IVOC) com a Nestlé. No decorrer de 4 episódios, o oncologista Thiago Jorge e a nutricionista Luísa Nunes conversam com pacientes oncológicos sobre o tratamento da doença e alimentação.

No episódio 3, o tema é "Diarreia e Constipação", contou com a presença das pacientes Juliana Carelli e Sabrina Neves, a receita escolhida pelo chef Gentil Mendonça foi crepioca de legumes.

Saiba mais
sa

WebSérie GOSTO - Náusea

O Projeto Gosto é uma parceria do Instituto Vencer o Câncer (IVOC) com a Nestlé. No decorrer de 4 episódios,  o oncologista Thiago Jorge e a nutricionista Luísa Nunes conversam com pacientes oncológicos sobre o tratamento da doença e alimentação. No episódio 4, o tema é "Náusea"e as pacientes que participaram desse capítulo foram a Lara Savaro e Sandra Gonçalves e a receita escolhida pelo chef Gentil Mendonça, vichissoisse.

Saiba mais
Subir